Cirurgia (Siso)

Realizamos cirurgias simples (extrações de dentes comuns) e complexas (extrações de sisos, tracionamento de caninos impactados).

Sisos. Por que extrair?
É muito comum os pacientes nos questionarem sobre a real necessidade de se extrair os sisos. Esta questão é muito interessante.

Desde os primórdios da humanidade, nós humanos passamos por uma evolução constante de nossa espécie.

No passado, nossos costumes alimentares eram totalmente diferentes dos dias atuais. Nossa alimentação era rica em raízes, leguminosas, frutas, verduras e carne, porém ainda não conhecíamos o fogo, ou pelo menos, não sabíamos como utilizá-lo ao nosso favor; desta forma nossos dentes eram muito exigidos durante a mastigação.

Com esta necessidade de uma mastigação plena, ocorria um desgaste fisiológico (natural) dos dentes, e os 3º molares (sisos) eram de suma importância neste contexto.

Hoje em dia, nossa vida mudou, e nossa alimentação também. A dieta no mundo atual, é pautada em uma alimentação pastosa, industrializada, onde utilizamos muito o liquidificador para triturar os alimentos.

Como ainda estamos evoluindo, não precisamos tanto dos dentes para nos alimentarmos, assim podemos sugerir que os 3 molares (Sisos), estão em extinção, ou seja, não precisamos mais deles como antigamente, e é notório a diminuição da presença destes dentes nas pessoas.

Mas então, quando e por que extrair os sisos?

A indicação de extração dos sisos é indicada em alguns casos:
– Falta de espaço para erupcionar (nascer)
– Quando a sua guia de erupção não é favorável, ou seja, quando ele toma uma direção errada para erupcionar
– Quando está impactado, ou seja, esta preso dentro do osso alveolar(deitado ou horizontalizado)
– Quando o 2º molar impossibilita sua erupção.
– Quando pelo motivo anterior citado, pode provocar reabsorção radicular do 2º molar (Vide Foto 1 e 2)

Os sisos são capazes de apinhar (entortar) os dentes anteriores?
Esta pergunta também é muito freqüente nos consultórios. Não acreditamos que o siso seja capaz de provocar este problema. Na verdade o que provoca este apinhamento anterior- principalmente inferior- é uma resultante das forças mastigatórias que exercemos ao longo da vida. Esta resultante é direcionada para frente e para baixo, gerando este problema, que na literatura é também conhecida como “ruga dentária”.